domingo, 19 de agosto de 2018
86 9 9455-5513
Esportes

12/06/2018 ás 08h05

228

Marcos Genilson

Hugo Napoleão / PI

Brasil vence a Áustria por 3 x 0, no último amistoso antes da Copa
No último amistoso antes da Copa, Brasil vence a Áustria por 3 x 0
Brasil vence a Áustria por 3 x 0, no último amistoso antes da Copa
↑ Phillipe Coutinho marca o terceiro gol do Brasil

o último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo da Rússia, a seleção brasileira de futebol venceu a Áustria neste domingo pelo placar de 3 x 0 com gols marcados por Gabriel  Jesus (36), Neymar e Philippe Coutinho.A partida ocorreu no estádio Ernst Happel, em Viena,Neymar fez sua primeira partida como titular desde que fraturou um osso do pé atuando pelo Paris Saint-Germain em fevereiro e entrou no lugar de Fernandinho, assim como ocorreu no segundo tempo da vitória contra a Croácia, há uma semana.


A formação mais ofensiva proposta por Tite, com Coutinho centralizado, Neymar e Willian pelas pontas e Gabriel Jesus no comando do ataque funcionou e animou até mesmo a torcida austríaca – 48.500 pessoas lotaram o Ernst Happel e vibraram com as jogadas de efeito dos dois times, em clima bastante amistoso.


No primeiro tempo, apesar da forte marcação e de jogadas ríspidas, a seleção austríaca não conseguiu evitar o gol brasileiro, marcado por Gabriel Jesus, por volta dos 36 minutos de jogo, e foi para o vestiário com a derrota de 1 x 0. O gol foi resultado de mais uma jogada trabalhada de toda a equipe, principalmente dos atacantes, que, em jogada de muito toque à frente da área adversária, a bola sobrou para Gabriel Jesus, pela esquerda, que chutou cruzado no canto esquerdo do goleiro Lindner, marcando o seu décimo gol, em 17 jogos pela seleção brasileira.



Gabriel Jesus comemora primeiro gol do Brasil



Após o gol, o Brasil continuou trabalhando a bola até o árbitro encerrar o primeiro tempo, parte da partida que teve forte marcação dos dois times, principalmente na saída de bolas das duas defesas, e jogadas de contra ataques.


A seleção brasileira começou pressionando o time austríaco, mas o primeiro ataque foi da Áustria, logo no segundo minuto da partida, que resultou em escanteio. Na cobrança, a defesa brasileira neutralizou o ataque austríaco.


Com uma marcação forte, a defesa da Áustria tentava impedir as jogadas do Brasil, principalmente nas ações de Neymar, pela direita do ataque brasileiro. Numa delas, o atacante recebeu uma entrada faltosa da defesa adversária.


A primeira jogada perigosa do Brasil ocorreu por volta dos sete minutos, foi de Casemiro, com um chute de longe, surpreendendo o goleiro austríaco, que apenas olhou a bola passar rente ao travessão do canto esquerdo.


Por volta dos 13 minutos, os atacantes brasileiros passaram a tocar mais a bola, em jogadas triangulares, procurando fugir da marcação dura dos austríacos. Numa dessas jogadas, Gabriel Jesus recebeu a bola pelo meio da área, mas foi derrubado pelo defensor, sem que o árbitro da partida marcasse falta.


Aos 20 minutos, mais uma falta violenta em cima de Neymar, quando o atacante partia em velocidade em direção ao gol adversário. O jogador brasileiro reclamou com o árbitro, pedindo cartão amarelo para o zagueiro austríaco, mas o juiz marcou apenas a penalidade.


Só após os 30 minutos, é que o time do Brasil começou a ter mais o domínio do jogo no meio de campo e passou a controlar mais as ações de ataque até chegar ao primeiro gol.


No segundo tempo, com um golaço de Neymar, após uma assistência de Willian, o Brasil faz 2 x 0 contra a Áustria, em Viena. Na jogada, o craque brasileiro deixou o zagueiro Dragovic no chão antes de chutar para o gol sem que o goleiro Lindner nada pudesse fazer. Foi o gol de número 55 de Neymar pela seleção, se aproximando ainda mais de marca de Romário, que tem 56 gols, segundo a contagem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).


Philippe Coutinho fez o terceiro após assistência de Roberto Firmino, relembrando a antiga parceria que os dois jogadores fizeram no time do Liverpool, antes de Coutinho se transferir para o Barcelona. Firmino havia entrado em campo poucos minutos antes no lugar de Gabriel Jesus.A jogada de gol ocorreu pelo lado esquerdo. Coutinho recebeu um passe preciso, foi em direção ao gol e tocou por cima de Lindner, que nada pôde fazer.

FONTE: Tribuna Hoje

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium