Quarta, 17 de outubro de 2018
86 9 9455-5513
Esportes

30/07/2018 ás 08h30

135

Redação

Hugo Napoleão / PI

O campeonato reuniu mais de 300 atletas de todo o país em três dias de provas em Teresina.
Piauiense leva prata em Campeonato Brasileiro de ciclismo
O campeonato reuniu mais de 300 atletas de todo o país em três dias de provas em Teresina.

Teresina foi a casa do ciclismo durante três dias. O Campeonato Brasileiro Sub30 e Master reuniu mais de 300 atletas de todas as capitais do país além do Distrito Federal em provas de contra relógio e resistência, que ocorreram no Rodoanel e na Ponte Estaiada. No domingo (29), aconteceram as últimas provas de resistência e a piauiense melhor colocada foi Socorro Vasconcelos, garantindo uma prata na categoria máster B. Mas a prova também consagrou grandes nomes, como o carioca Márcio Pinto Machado, na categoria Máster C1, que, com o ouro em Teresina, chegou ao nono título Brasileiro na carreira.


As provas das categorias Master A1 e Master C1 abriram a competição ontem, quando os atletas tiveram que percorrer um circuito 10,2 km. O atleta de Minas Gerais, Fabrício Fonseca, volta para casa com 100% de aproveitamento na competição, pois esteve no lugar mais alto do pódio nas provas contra relógio e também de resistência, na categoria A1 (nove voltas). “Me preparei muito, tenho um ano de preparação e já tinha participado ano passado em que fui campeão contra relógio e vice na resistência, agora volto com dois ouros”, disse Fabrício.


Na categoria Master C1, Márcio Pinto garantiu o ouro e mostrou que técnica, físico e principalmente a organização fazem toda a diferença em provas como essa. “Foi um circuito técnico e seletivo que privilegia quem está preparado, então vejo como uma vitória por méritos. Normalmente, a gente faz uma prévia de como é o circuito, altimetria, a gente treina para isso, treinei mais tarde para poder me adaptar ao sol do Piauí”, explica o atleta carioca nove vezes campeão Brasileira de Ciclismo de Estrada.



As altas temperaturas e o tempo seco desafiaram os competidores que ainda colocaram à prova seu preparo físico (Foto: Elias Fontinele/O Dia)


Mulheres no pódio


Entre as mulheres, a maranhense Lorena Pedrosa foi a campeã na categoria Master A. Já a piauiense Socorro Vasconcelos se destacou também e ficou com o vice-campeonato na categoria. “Como valeu! Eu representei bem o Piauí, sendo que eu não iria participar porque não estava conseguindo treinar direito, mas acho que representei bem, principalmente as mulheres bikers de Teresina”, comemorou Socorro.


Condições climáticas


Durante os dias de prova, o sol não deu trégua e os atletas precisaram enfrentar as temperaturas altas e o clima seco da capital piauiense. O ciclista de Santa Catarina, Anderson Zomer, garantiu o título na Master B1 e falou sobre o tempo e também dos trechos mais complicados da prova. “Eu corro há 30 anos e esse consegui encaixar uns treinos e vim bem focado e cheguei preparado. A prova era seletiva, mais técnica e o calor em primeiro lugar e a subida, né? Que é um pouco da minha característica e os velocistas sofrem, foi ali onde eu decidi a prova”, conta o atleta, agora com seis títulos brasileiros.


Fonte:  Jornal O Dia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium