Sexta, 14 de dezembro de 2018
86 9 9455-5513
Polícia

12/11/2018 ás 21h48

Redação

Hugo Napoleão / PI

Piauiense morto em assalto à banco em Alagoas atuava na linha de frente da quadrilha
Outro piauiense, identificado como Francisco das Chagas Vieira de Barros, natural de Água Branca, também é investigado como um dos nomes entre os 11 mortos durante a operação
Piauiense morto em assalto à banco em Alagoas atuava na linha de frente da quadrilha
Policia Civil divulgou o nome dos envolvidos nos assaltos à bancos (Foto: Divulgação DP)

Nesta segunda-feira o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), confirmou ao OitoMeia, a presença do piauiense, Bruno Emanuel Batista Araújo, entre entre os 11 mortos em confronto com a Polícia de Alagoas na última sexta-feira (09/11). Segundo o delegado da Grego, Laércio Evangelista, o homem fazia parte da “linha de frente” da quadrilha interestadual e atuava no confronto direto contra a polícia.


“A função dele dentro do grupo era a de confrontar a polícia, enquanto os outros realizavam as explosões no bancos”, explicou Laércio Evangelista. De acordo com o delegado, o criminoso residia no bairro Angelim, zona Sul de Teresina e tinha diversas passagens pela polícia por participação em assaltos a bancos. Em 2013, ele chegou a ser preso após fornecer armas a uma quadrilha que atuava realizando assaltos em todo o Nordeste.


Um outro piauiense, identificado como Francisco das Chagas Vieira de Barros, natural de Água Branca, distante 100 km de Teresina, também é investigado como um dos nomes entre os 11 mortos durante a operação Cavalo de Troia, em Alagoas.


ASSALTOS A BANCO NO PIAUÍ


Há especulações divulgadas pela imprensa de que o grupo também havia realizado assaltos a bancos nas cidades de Jaicós e Picos. No entanto, o delegado Laércio Evangelista informou ao OitoMeia que a polícia investiga as suspeitas e que ainda não tem uma confirmação do crime nos municípios piauienses. “Não temos essa confirmação ainda, temos apenas suspeitas”, afirmou o delegado.


OitoMeia também entrou em contato com a Polícia Militar do Piauí, que através da assessoria informou que também não tem informações relacionadas a confirmação de que a quadrilha atuou em cidades piauienses.


OPERAÇÃO CAVALO DE TROIA DEIXA 11 MORTOS



Operação Cavalo de Troia termina com 11 membros de uma quadrilha que realizava assaltos à bancos mortos (Foto: Montagem do OitoMeia/ Reprodução)



Os onze suspeitos mortos em uma operação da Polícia Civil em Santana do Ipanema, Sertão de Alagoas, estavam com grande quantidade de explosivos, fuzis, espingardas, pistola e o dinheiro roubado do Banco Bradesco em Águas Belas, Pernambuco.


De acordo com o delegado, após o assalto em Pernambuco, a Polícia Civil de Alagoas foi até o Sertão para tentar prendê-los.


“Eles estavam em uma casa. Nós demos voz de prisão e eles atiraram, nós revidamos. Houve uma intensa troca de tiros e os criminosos acabaram mortos. Normalmente, após o crime, as casas são usadas para dividir o dinheiro, e esperar a poeira baixar, como eles chamam”, diz o delegado.


A polícia informou ainda que alguns dos suspeitos estavam com mandado de prisão em aberto por outros crimes. Os corpos dos suspeitos chegaram por volta de 1h dessa sexta-feira (09/11) ao IML de Arapiraca.


 

FONTE: oitomeia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Canal Piauí

Canal Piauí

Blog/coluna Notícias do Piauí
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium