domingo, 21 de outubro de 2018
86 9 9455-5513
Polícia

08/02/2018 ás 14h36 - atualizada em 10/02/2018 ás 19h15

1.531

Redação

Hugo Napoleão / PI

Polícia prende chefe de bando que explodia caixas no Piauí
Segundo o delegado geral, Riedel Batista, está comprovada a participação do suspeito no assalto ao Banco do Brasil de Altos.
Polícia prende chefe de bando que explodia caixas no Piauí

Um homem foi preso nesta quinta-feira (08), em uma casa no bairro Vale do Gavião, zona Leste da capital, acusado de ser um dos líderes de quadrilhas de explosão de caixas eletrônicos no Piauí. Conhecido como “Rafael Perneta”, ele tinha um mandado de prisão em aberto e era também foragido do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).


Foram encontrados com Rafael diversos materiais explosivos, além de quantias de dinheiro ainda com lacres do Banco Central e uma arma de fogo.


“Essa ação resultou na prisão do principal acusado da quadrilha e a partir daí nós com toda certeza vamos estar identificando e prendendo os demais. O objetivo nosso será sempre antecipar o fatos antes mesmo desses indivíduos conseguirem suas ações criminosas. Eu tenho certeza que daí nos teremos muitas informações repassadas” conta Fábio Abreu.


explosivo


Segundo o delegado geral, Riedel Batista, está comprovada a participação do suspeito no assalto ao Banco do Brasil de Altos.


“O mais importante dessa prisão são informações que nós coletamos de outros envolvidos, que vai possibilitar resolver esses vários casos que aconteceram recentemente aqui no Estado do Piauí. Temos comprovadamente a participação no Banco do Brasil de altos. Inclusive um numerário que foi apreendido tem lacre do banco central” relata.


Na ocasião, quatro homens foram levados à sede do Greco, mas apenas Rafael ficou detido. O delegado Gustavo Jung conta que isso aconteceu por conta de Rafael ser o único remanescente de uma grande quadrilha que algum tempo atrás estourou caixas eletrônicos em Teresina.


Os outros três homens foram liberados depois de serem ouvidos pela polícia. Segundo o delegado, não haviam provas que pudessem prende-los em flagrante.


dinheiro


“Naquela época ele foi se esconder no Maranhão, passou um bom tempo lá e então agora estava retornando à cidade quando então nós tivemos essas informações. A Rone, com seu trabalho ostensivo, realizou essa abordagem e conseguiu prende-lo com todo esse material, como também dar cumprimento ao próprio mandado de prisão que havia contra ele” explica Gustavo Jung.


 


PortalAZ

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Redação Agora Piauí

Redação Agora Piauí

Blog/coluna Últimas notícias e matérias de todos os acontecimentos e muito mais em um só lugar!
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium